O Marketing, as emoções e o Natal

O Marketing, as emoções e o Natal.

O clima de Natal está no ar, trazendo leveza e boas lembranças de momentos lúdicos e sensações de encantamento. Sim! O Natal é tudo isso e muito mais. É a época mais aguardada pela maioria das pessoas, independente da idade. Sendo um momento capaz de conquistar a atenção, é também oportunidade valorizada por empresas para se diferenciarem, relacionar e proporcionar experiências. Foi por isso, que pensamos nesse post falando sobre o Marketing, as emoções e o Natal.

Você já observou que em meados de novembro, conseguimos observar a movimentação do varejo e indústria, apresentando suas estratégias de marketing. Em muitos segmentos da economia, dezembro é o mês com maior número de vendas. Tem o 13º salário e, com mais dinheiro movimentando, aquele sentimento de que devemos celebrar em família, com amigos e compartilhar não apenas momentos, mas festas e presentes.

E é por isso que o marketing que valoriza a emoção ganha ainda sentido em épocas festivas. Então, as marcas com melhor performance investem forte em datas comemorativas como Mães, Páscoa, Namorados, Natal e muitas outras. Elas se preparam para gerar vendas, conquistar novos clientes, fidelizar aqueles com quem já se relaciona, se conectar com as emoções tão valorizadas pelos consumidores.

Apesar de não pararmos para pensar racionalmente na origem desse comportamento, essas tradições vêm se perpetuando por anos, validando hábitos de consumo, frutos das inúmeras estratégias de marketing. Tradicionalmente, as datas comemorativas são oportunidades para que sua marca se diferencie. E já que estamos atentos a todo esse clima de Natal, listamos algumas estratégias básicas, que podem ser aproveitadas por sua marca em diferentes épocas do ano, tanto para gerar conteúdo, quanto fortalecer relacionamentos.

Ambientação

O cuidado em preparar o espaço físico para receber, valorizando o clima de Natal, Páscoa ou mês das Mães, por exemplo, é um diferencial capaz de conquistar atenção e tráfego de clientes. Invista numa ambientação de luzes, cores e que conversem com a sua identidade de marca. Não se esqueça da música e de uma boa acolhida, que pode ser reforçada a partir da vestimenta dos colaboradores.

Social Media

Não é apenas a presença física, que deve mudar em épocas de datas comemorativas. Garanta que suas redes sociais abordem temas natalinos, por exemplo, com dicas para celebrar as diferentes datas comemorativas do ano e claro, sempre valorize oportunidades de aproximação com seus clientes e parceiros de mercado.

Promoções

Investir em promoções e ofertas especiais em datas comemorativas, além de atuar como reforço de marca, é uma estratégia capaz de envolver e conquistar o consumidor. E aqui não estamos falando só de descontos. Cuide para que o processo seja transparente e de fato, entregue algum benefício ao cliente.

Campanhas

A emoções desempenham um papel importante nas decisões de compra do consumidor. Muitas vezes, a compra é movida pela maneira como sentimos em dado momento. O Natal, por exemplo, tem essa capacidade de aflorar sentimentos como amor, união familiar, generosidade e gratidão, o que torna a data perfeita para cativar e se destacar ao investir em emoções e experiências positivas. O importante em cada estratégia de marketing é se conectar ao que é importante na mente do consumidor. Uma outra corrente que pode te auxiliar a entender melhor o Marketing, as emoções e o Natal vem da Neurociência. É um trabalho que envolve o neuromaketing, compreensão do cliente, técnicas de venda e as melhores formas das pessoas interpretarem as diversas formas de comunicação. Mas isso é assunto para um outro post.

O Marketing, as emoções e o Natal
Tags: