Sua empresa tem um manual de crises?

Sua empresa tem um manual de crises?

Você já parou para refletir sobre os tipos de crise que podem afetar o seu negócio? A resposta mais comum é “credo! Não gosto de pensar em coisas ruins. Deus me livre!”. Mas, para as empresas atentas à gestão de marca, esse é um exercício natural e frequentemente revisado. É por isso que dando continuidade à nossa sequência de posts sobre gerenciamento de crises, vamos falar sobre o tema “a sua empresa tem um manual de crises?”

Se tem uma verdade sobre crises é que elas atingem todo o tipo de organização, profissional ou pessoa pública. Mas será que elas chegam sempre sem avisar? Se assim como nós, você acredita que um bom caminho é se preparar, esse post é pra você.

Elaborar um manual de prevenção de crises envolve escutar diferentes áreas de uma empresa.  A comunicação, além de mapear em textos os diferentes cenários, desenvolve em conjunto com a liderança, um guia para ação nos mais diferentes cenários e compartilha o melhor caminho com áreas-chave dentro da organização.

Quando a crise bate à porta, a organização precisa reagir. Não é mais momento de planejar. Afinal, as 48 primeiras horas são decisivas ao processo de gerenciamento.

Em situações-limite, um trabalho profissional de comunicação colabora para tornar comum o posicionamento da empresa e aplicá-lo mais rapidamente. Nesse processo, os colaboradores devem ser vistos como aliados estratégicos. Se sua empresa tem um manual de crises, o guia irá oferecer orientações claras de como envolvê-los e o melhor momento para que cada um faça a sua contribuição para o sucesso do processo.

Sua empresa tem um manual de crises?